sexta-feira, 15 de abril de 2011

Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem.Hebreus 12:15

Ontem quando tive um tempinho durante a noite,eu estava lendo uma apostila ao qual se falava de julgamento precipitado,sobre paciência e perdão.

E lendo aquelas paginas eu comecei a lembrar de algumas situações onde eu julguei precipitadamente e também fui julgada,isso me trouxe conseqüências terríveis,e uma delas me segue ate hoje.

Me lembro de um dia onde por causa de uma precipitação uma amizade de 2 anos foi jogada fora,e o pior é que as vezes me sinto culpada mesmo sabendo que não fiz nada de errado e ainda fui sincera com essa pessoa,desde então passei 2 anos e meio pedindo perdão por uma coisa que não fiz,mas infelizmente todo esse tempo foi em vão,hoje não somos

mais amigas e por vezes ainda sou acusada pela mesma,mas de mim meu sentimento por ela é de perdão,pois não guardo rancor e quando ela quiser ser minha amiga de novo,eu estarei de braços aberto para recebe-la.

Sabe amigos e irmãos quantas são as vezes que por causa de uma simples palavra que poderia ter sido evitada; em um minuto destruímos aquilo que levamos uma vida para construir...

Abaixo eu coloquei um texto que foi citado na apostila para uma reflexão pessoal,mas como gostei muito resolvi dividir com você,para que juntamente comigo todos também venham adquirir sabedoria e agir do modo certo,na hora certa!

Vamos a leitura....

Deixe o barro secar

Mariana ficou toda feliz porque ganhou de presente um

joguinho de chá, todo azulzinho, com bolinhas amarelas. No dia

seguinte, Júlia, sua amiguinha, veio bem cedo convidá-la para

brincar. Mariana não podia porque ia sair com sua mãe naquela

manhã. Júlia, então, pediu à coleguinha que lhe emprestasse o

seu conjuntinho de chá para que ela pudesse brincar sozinha na

garagem do prédio.

Mariana não queria emprestar, mas, com a

insistência da amiga, resolveu ceder, fazendo questão de

demonstrar todo o seu ciúme por aquele brinquedo tão especial.

Ao regressar do passeio, Mariana ficou chocada ao ver o seu

conjuntinho de chá jogado no chão. Faltavam algumas xícaras e a

bandejinha estava toda quebrada. Chorando e muito nervosa,

Mariana desabafou: "Está vendo, mamãe, o que a Júlia fez

comigo? Emprestei o meu brinquedo, ela estragou tudo e ainda

deixou jogado no chão." Totalmente descontrolada, Mariana

queria, porque queria, ir ao apartamento de Júlia pedir

explicações. Mas a mamãe, com muito carinho, ponderou:

Filhinha, lembra daquele dia quando você saiu com seu

sapatinho novo todo branquinho e um carro, passando, jogou

lama em seu sapato? Ao chegar à sua casa você queria lavar

imediatamente aquela sujeira, mas a vovó não deixou. Você

lembra do que a vovó falou?

Ela falou que era para deixar o barro secar primeiro.

Depois ficava mais fácil limpar.

Pois é, minha filha! Com a raiva é a mesma coisa. Deixa a

raiva secar primeiro. Depois fica bem mais fácil resolver tudo.

Mariana não entendeu muito bem, mas resolveu ir para a sala

ver televisão. Logo depois alguém tocou a campainha Era Júlia,

toda sem graça, com um embrulho na mão. Sem que houvesse tempo

para qualquer pergunta, ela foi falando:

Mariana, sabe aquele menino mau da outra rua que fica

correndo atrás da gente? Ele veio querendo brincar comigo e eu

não deixei. Aí ele ficou bravo e estragou o brinquedo que você

havia me emprestado. Quando eu contei para a mamãe ela ficou

preocupada e foi correndo comprar outro brinquedo igualzinho

para você. Espero que você não fique com raiva de mim.

Não foi minha culpa.

Não tem problema, disse Mariana, minha raiva já secou. E,

tomando a sua coleguinha pela mão, levou-a para o quarto para

contar a história do sapato novo que havia sujado de barro.

Segure seus ímpetos, deixe o barro secar para depois

limpá-lo. Assim você não correrá o risco de cometer uma

injustiça.

Autor : Desconhecido

Extraido da Apostila Conseqüências do julgamento antecipado.


Hoje nem vou falar muito porque o texto já resume tudo,mas quero deixar uma coisinha para vocês...por mais que sua relação com alguém possa ter sido prejudicada por alguma atitude precipitada de julgar sem nem mesmo procurar entender os motivos daquela pessoa ou ela entender os seus,esteja hoje exercendo o Perdão.

Perdão meus amados é o segredo de uma vida de paz...chega de carregar consigo mesmo este sentimento de raiva e ódio que so tem feito mal a você.

Independentemente se você esta certo ou não perdoe e peça perdão,porque a raiva e o ódio so serve para criar raiz de amargura o que acaba nos afastando da presença de Deus e fazendo com que o nosso pedido de perdão ao Pai não seja atendido,pois devemos perdoar primeiro para depois pedir perdão pelos nossos pecados.

Seja uma pessoa sabia e não deixe que o diabo venha te afastar do Reino de Deus,por uma coisa tão simples de se fazer...

Bem queridos por hoje é so....


Desejo a você um ótimo dia e fiquem na paz do Senhor!




5 comentários:

Vivendo pela Palavra de Deus!!! disse...

OI amiga, tem um pensamento de Livio que diz que A precipitação tudo destrói, porque é cega e nada prevê.

Acho essa historia das duas crianças linda e a frase que ela disse: minha raiva já secou.

Que possamos ser mais prudentes na hora de tomar uma decisão mesmo na hora de raiva ou tristeza pois pode ter um preço muito alto!!

Minha linda te desejo uma bela tarde!!

Lucinalva disse...

Oi Daiane

Realmente devemos ter cuidado com as palavras, porém, sabemos que o perdão é algo tremendo, quando liberamos o perdão o coração volta a funcionar em paz. Gosto muito das crianças porque elas perdoam com muita facilidade, estão brigando agora e logo depois estão brincando e aquele sentimento de raiva desaparece. Jesus disse que precisamos ser como as crianças. Glória a Deus pelo seu sentimento de perdão,pois o Senhor ama o perdão. Bjs

Ismael M. Vieira disse...

Olá Daiane, paz! Passei aqui para lhe agradecer por suas visitas e comentários no meu Blog...Seu blog está muito lindo, parabéns!

Pr Ismael

Caroliny Sales disse...

Olá, vim retribuir a visita Daiane... obrigada pela visita ao meu blog!!
Já estou te seguindo, gostei do texto!
Bjs, fica com Deus

http://naomeconformomesmo.blogspot.com

Gisele Vargas disse...

Oi Daiane,
gostei muito da história das meninas,explicou bem a questão da precipitação e da raiva.Realmente,nada melhor que "deixar o barro secar"...
Talvez o barro não secou no coração de tua amiga, talvez ela guarde a raiz de amargura, talvez suas feridas não cicatrizaram...mas o Espírito Santo traz a reconciliação querida,pode demorar mas se já perdoaste e pediste o perdão a ela, agora TE PERDOA...Deus já perdoou e tu precisas confiar que Ele é quem vai trazer a restauração de vocês, Ele vai fazer a obra na tua amiga!
Tu és preciosa Daiane, tuas reflexões vem de um coração que busca Deus,continua buscando...
Te amo florzinha!!!
Beijoos um abençoado fim de semana!

Postar um comentário

Ola meus queridos creio que se chegaste ate aqui é porque queres me dizer alguma coisa,por isso fique avontade para expor suas idéias,sua oração,seu pedido de oração,palavras de carinho e fortalecimento,enfim fale do que o seu coração esta cheio!
Obrigado pelo comentário e volte sempre!
Ah e não se esqueça que você é muito importante para a sustentação deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...